Onde se respira música.

22/08/2015

Joias do Youtube #11: Muddy Waters - Live Dortmund, Germany 29/10/1976


Muddy Waters. Um dos deuses do blues, que reverenciou outras lendas e já foi reverenciado por tantas outras. Esse registro de pouco mais de uma hora mostra Muddy em seu conforto, com sua velha guitarra e um banquinho. Bem que poderia ser um trono... A impressão que fica é a de que Muddy está tocando em casa, em seu quintal, somente para amigos. A mais sincera demonstração de paixão pelo que se faz.

O set é curto, mas nada que possa por em xeque nossa percepção do quão genial ele é. Não tão somente ele, a gaita caminha em paralelo e também tem seu show à parte.

E se você reparar, o fechar e abrir de olhos de Muddy em alguns momentos simboliza a paixão de quem faz a alma cantar, e não somente sua boca, como uma entidade divina. Todos da banda têm sua contribuição relevante, mas os holofotes naturalmente estão todos em Muddy, que não contente toca "Howlin' Wolf Blues", numa completa demonstração de gratidão pelo músico de mesmo nome. O baixo de Calvin Jones se deleita para que a guitarra de Muddy seja a estrela que não se apaga. Essa é a tônica do show. Exceto por "Can't Get No Grindin'", mais acelerada com o piano carregando o resto da banda.

"Got My Mojo Workin'" é performada duas vezes no set, o que mostra como é bem-recebida pelo público.

Resumindo, trata-se de uma hora de show, mas poderiam ser três. Quem se importaria?...

Line-up

Muddy Waters: Vocais, Guitarra
Luther Johnson: Guitarra
Bob Margolin: Guitarra
Jerry Portnoy: Gaita
Pinetop Perkins: Piano
Calvin Jones: Baixo
Willie Smith: Bateria
Junior Wells (convidado): Vocais, Gaita

Tracklist
  1. Intro & After Hours
  2. Soon Forgotten
  3. Howlin' Wolf Blues
  4. Hoochie Coochie Man 
  5. Blow Wind Blow
  6. Can't Get No Grindin'
  7. Long Distance Call 
  8. Got My Mojo Workin'
  9. Got My Mojo Workin' (First Encore)
  10. Got My Mojo Workin' (Second Encore with Junior Wells)

Share:

Tradução

Feed

Digite seu email abaixo:

Instagram

Twitter