Onde se respira música.

04/04/2014

Conheça o Jet


No começo dos anos 2000, a imprensa considerava o Strokes como "a salvação do Rock". Praticamente uma década e meia depois e Julian e cia. são alvo de críticas pela mudança brusca de som - e para pior. Enquanto isso, num jeito um tanto acanhado, e com apenas três discos, o Jet foi capaz de resgatar aqueles sons dançantes da era dourada de Elvis, do pop/rock dos Beatles nos anos 60 e o hard dos anos 70. A propósito, o nome da banda tem origem na música homônima de Paul McCartney com os Wings.

Se a banda tem uma semelhança forte com bandas como Beatles, Stones, AC/DC e outras, podemos dizer que eles são como o Led na década de 70, onde pegavam clássicos do blues e folk e performavam do seu jeito. Assim é o Jet. Dando o seu toque no que há de mais clássico.

No primeiro disco, "Get Born", de 2003, a banda já mostra a que veio. Em sua maioria hard, a banda já consegue destaque através de duas músicas: "Are You Gonna Be My Girl?", que faz qualquer um querer "saculejar o esqueleto", e na pieguice de "Look What You've Done", tocada incansavelmente nas rádios.

Três anos após o sucesso do álbum, especialmente por conta desses singles, vêm "Shine On", sem tanto alarde, e sem a euforia sonora do primeiro disco. A crítica esfria a imagem da banda, que não tem tanta exposição na mídia. O álbum soa bem alternativo, fugindo da imagem que a banda havia criado em "Get Born".

Em 2009 vem "Shaka Rock", terceiro e último disco da banda. Bem mais hard, o álbum soa como o primeiro, mas sem um apelo comercial. Um hard que se volta às origens. Faixas como "Start The Show" e "She's a Genius" soam AC/DC de cabo à rabo, principalmente "Start...", onde até o grito inicial parece de Bon Scott. "She's a Genius" e "Black Hearts..." têm relativa exposição, além das composições em piano de "Goodbye Hollywood" e "Walk", com sua mudança de compasso impressionante. Em "La Di Da", a banda parece pegar uma composição do Fleetwood Mac.

"Consistência" talvez seja a palavra que melhor define o Jet. Infelizmente a banda se separou em 2012, mas aguardamos um retorno pelo bem da música.

Share:

Tradução

Feed

Digite seu email abaixo:

Instagram

Twitter