Onde se respira música.

31/03/2014

Pearl Jam: "Black" e a semelhança com "Water", do Who


Se o Nirvana buscava no seu som o lado Punk da música, o Pearl Jam buscava o que havia de mais clássico na história. Já é sabida a influência que o Who exerceu - e exerce - até hoje na única banda de Seattle, das principais, em atividade. Como consta no livro "1001 álbuns para ouvir antes de morrer", nas palavras de Jeff Ament, o baixista, referindo-se à Eddie Vedder em 1993, ""Não sei onde saíam todas aquelas músicas... sei que ele gostava muito de Quadrophenia". Hoje "Baba O'Riley" é tocada em 11 de 10 shows do Pearl Jam. Além, é claro, do cover lançado de "Reign O'er Me", que faz parte do já citado "Quadrophenia". Mas a influência pode ser notada muito antes, logo no "Ten", logo em "Black", um dos maiores hits da carreira, e logo pela intro. A semelhança? Logo o lado B de "Reign O'er Me", "Water", que nunca teve holofotes na carreira da banda britânica, mas que tem grandes qualidades. "Water" veio a fazer parte do "Who's Next" como bônus, mas já era executada desde 1970.

Basta comparar a intro de "Water" (a partir de 2:25) com a intro de "Black" (a partir de 0:05). "Water" parte para um ritmo mais frenético, principalmente nessa versão no clássico show em Isle of Wight, e com um o "lunático" Keith Moon com um apetite invejável em parceria com um Roger Daltrey vigoroso na voz. Já "Black" se mantém estável, uma singela balada, mas com a receita certa para o sucesso.

Confira:



Share:

Tradução

Feed

Digite seu email abaixo:

Instagram

Twitter