Onde se respira música.

19/08/2011

Thin Lizzy e Metallica: A história de "Whiskey in the Jar"

Poucos sabem, e eu também não sabia, que a música Whiskey in the Jar é mais antiga e tradicional do que apenas um rock tocado pelo Thin Lizzy, em meados de 1970. A canção é tradicionalmente cantada por irlandeses há centenas de anos.

Acredita-se que ela é baseada na canção “Patrick Fleming”, que fala sobre um salteador irlandês que foi executado em meados de 1650, porém, não se tem a ideia exata de suas origens. Alan Lomax, um historiador folclórico, sugere que a canção tenha origem no século XVII. A música trata da história de um salteador que, após assaltar um oficial militar, foi traído por sua esposa ou amante (não se sabe ao certo). Diversas versões dessa música são executadas em províncias irlandesas, como Kerry, Cork, Gilgarra e Sligo.

É certo que a música é executada tradicionalmente nos Estados Unidos da América, em versões diferentes. Uma das versões é de Massachussetts, que trata de um soldado irlandês que foi condenado à morte por assaltar oficiais britânicos. Dependendo da localidade onde os irlandeses colonizaram, o nome e a patente do personagem também mudavam, sendo capitão ou coronel, passando por Farrel ou Pepper. A esposa ou amante pode se chamar Molly, Jenny ou Ginny, entre outros nomes.

A música já foi executada por várias bandas, algumas delas mundialmente conhecidas. A primeira execução de sucesso, veio com a banda The Dubliners, em meados de 1950, que a gravaram em três álbuns diferentes. Após a execução de sucesso, veio a gravação efetuada por Thin Lizzy, que fez muito sucesso por volta de 1970. O Metallica é responsável pela sua execução de maior sucesso em meados de 1998.

O fato é que a música é um sucesso internacional e frequentemente cantada por todos os públicos que a ouvem. “Whiskey in the jar” realmente é uma bela canção, em qualquer estilo executado.

Fonte: Whiplash.net
Share:

Tradução

Feed

Digite seu email abaixo:

Instagram

Twitter