Onde se respira música.

18/08/2011

Britpop: Oasis vs Blur





O termo "britpop" hoje pode soar estranho, ou no mínimo distante, para o ouvinte da atual música globalizada, sem barreiras geográficas. Apesar de inúmeros grupos terem sido classificados nessa cena, surgida na década de 90 e popularizada com o fim do Grunge nos Estados Unidos, ela era protagonizada por duas bandas. O Blur, que se orgulha de ser o maior representante dessa palavra de sete letras e o Oasis, que foi colocado no balaio por ter aparecido na época que o holofote voltou para a Inglaterra, além, é claro, de ter surgido na ilha separada da Europa Continental pelo canal da Mancha.




O embate não ficou só no imaginário dos fãs, que adoram colocar, randomicamente, uma banda contra a outra, mesmo que não tenha a ver ou os próprios envolvidos não alimentem isso. Blur e Oasis foram inimigos mortais e declarados do meio para o fim da década de 90.

O clima ficou tão pesado que Damon Albarn dedicou um dos muitos Brit Awards conquistados em 1995 para o Oasis. E a resposta veio a altura: "eu desejo que Damon Albarn (vocalista) e Alex James (baixista) peguem AIDS e morram", declarou Noel Gallagher.

Mas o "fight" mesmo aconteceu no dia 12 de agosto de 1995. A Food Records, braço da EMI, antecipou o lançamento do single Country House, do Blur, em uma semana, "coincidindo" com a data de lançamento, pela Creation Records, do single Roll With It, do Oasis.

E o cenário estava preparado. A disputa das duas bandas dividiu a própria Inglaterra. O sul estava com o Blur, natural de Essex, cidade próxima a Londres. O norte estava com o Oasis, que como todos sabem, são de Manchester. E só uma banda e uma região sairia vencedora.

Durante o período entre o lançamento e a primeira lista com o número de vendas, uma guerra mercadológica foi posta em prática: anúncios, promoções, aparições públicas e tudo que estivesse em mãos para vencer essa disputa foi feito, principalmente pela parte do Blur.

E isso se refletiu nos números. Com 274 mil cópias vendidas em uma semana, o Blur ganhou a parada, por 58 mil cópias de diferença. Mesmo com a diferença considerável, pode se argumentar que Country House custava 2 libras e Roll With It o dobro, além do fato de o Blur lançar duas versões diferentes, com lados B divergentes. Independente disso, a jogada de marketing de Albarn e cia deu extremamente certo.

Pode parecer clichê, mas a partir dali as coisas nunca mais foram iguais. Curiosamente, o Blur penou nos anos seguintes, perdendo inclusive o guitarrista Graham Coxon, que já não aguentava mais o "maistream" e inclusive ameaçou se suicidar no meio da festa armada para comemorar a épica vitória. Pelas mais diferentes razões, o Blur não conseguiu a internacionalização massiva do Oasis e até do Gorillaz e acabou finalizando os trabalhos em 2003, ainda em excelente forma, voltando para uma turnê em 2009.


Já o "perdedor" Oasis vendeu milhões de discos e ganhou milhares de prêmios até os irmãos Gallagher chegarem ao ponto de não conseguirem mais dividir o mesmo palco e darem um ponto final no grupo.

Hoje a rivalidade esfriou e até elogios são trocados de lado a lado, algo inimaginável quinze anos atrás.

E para você, qual é o vencedor? Quem fez a melhor música? Opine!






Fonte: Perdidos no Ar
Share:

Tradução

Feed

Digite seu email abaixo:

Instagram

Twitter